Distúrbios Psicomotores: Debilidade Psicomotora. #Psicomotricidade

psichomotricity

O último semestre da pós-graduação de Psicomotricidade (que iniciei agora no mês de Março/18) começou com um módulo muito interessante para o trabalho no dia-a-dia com as crianças: Distúrbios Psicomotores.

Fiz algumas anotações do conteúdo em aula e quero compartilhar esse conteúdo aqui no blog. Em primeiro lugar para que eu tenha fácil acesso na internet para esse assunto, em segundo para difundir essa abordagem psicomotora superinteressante.

Um dos tópicos abordados no módulo foi sobre a Hemiplegia (*) e isso vai direto de encontro com uma das crianças que trabalho atualmente na escola. Tenho tido poucos informações sobre a condição da criança, mas estudando sobre debilidade psicomotora o assunto Hemiplegia vêm à tona. Veja um link abaixo com um breve definição e de uma forma superficial de definição (site não científico):

*Hemiplegia: Paralisação de metade do corpo (lado direito ou esquerdo)


Essas são algumas anotações minhas das aulas do módulo de Distúrbios Psicomotores:

  • Conceitual: Distúrbios, Transtornos e Dificuldade.
  • Funções Executivas: Controle Inibitório, Memória de Trabalho e Flexibilidade Cognitiva.
  • Inibição Psicomotora, Debilidade Psicomotora, Instabilidade Psicomotora, Lateralizada Cruzada, Imperícia.
  • Dificuldade de Aprendizagem: Dislexia, Disgrafia, Dispraxia, Discalculia, Dislalia…

Debilidade Psicomotora

Caracteriza-se pela presença de paratonia e sincinesia.

  • Paratonia: É a persistência de uma certa rigidez muscular, que pode aparecer nas quatro extremidades do corpo ou somente em duas. A criança apresenta incapacidade de relaxar voluntariamente um músculo. Quando a criança caminha ou corre, os braços e as pernas se movimentam mal e rigidamente. Ao caminhar ou na postura estática apresenta uma certa deselegância. A qualquer tipo de solicitação, interna ou externa, a rigidez aumenta.
  • Sincinesias: É a participação de músculos em movimentos nos quais eles são desnecessários. Por exemplo, quando colocamos algo numa das mãos de uma criança com debilidade motora e pedimos que ela aperte o objeto fortemente, sua mão oposta também se fechará.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s