Afinal, o que é Educação Física?

Types-Header

Voltando ao passado e lembrando do primeiro semestre da faculdade, o professor nos pediu os dois primeiros livros do curso, e um deles era “O que é Educação Física” de Vitor Marinho de Oliveira.

Dos porquês que eu volto nele, eu cheguei num consenso de que quando você chega no ponto alto da carreira profissional, há uma solicitação da sociedade para entender a origem do seu ramo profissional, devendo nós assumir o papel do profissional que difundirá e discutirá o papel da Educação Física na sociedade. No meu caso, a Educação Física escolar (bilíngue).

É um caminho de idas e vindas, voltando no passado para buscar na fonte os princípios da EF e ao mesmo tempo explorar novos caminhos da educação moderna para perpetuar as práticas profissionais da área. Fui lá no meu acervo pessoal e peguei o meu exemplar do livro de Vitor Marinho de Oliveira, e achei interessante mencionar o capítulo  “Afinal, o que é Educação Física”. Olha que interessante esse início do capítulo cinco do livro:

“…Considerada como cultura do físico, constituindo-se como parte da Medicina, criadora de sofisticadas técnicas esportivas, vinculadora de ideologias. Afinal, o que é Educação Física? O que não se discute é o seu compromisso em estudar o homem em movimento. O que também se aceita é a ginástica, o jogo, o esporte e a dança como instrumentos para cumprir os seus objetivos. Talvez o que esteja faltando seja a elaboração consciente e adequada desses objetivos. E mais, como desenvolver essas atividades. Não se discute, também, – independente do ângulo do observador, que a Educação Física existe em função do homem, enquanto ser individual e social. Nessa medida, é cultura no seu sentido mais amplo, fertilizando o campo de manifestações individuais e coletivas. É transmissora de cultura, mas pode ser, acima de tudo, transformadora de cultura. Incorpora conhecimentos da Medicina, mas ninguém será capaz de considerar o professor de Educação Física como aquele que cura. A tecnologia esportiva produz campeões e recordes inacreditáveis, mas em sã consciência – e em corpore sano -, não podemos aceitar que essa é a sua missão precípua.

Deve haver alguma coisa, em algum ponto, que dê sentido a essa práxis, revelando uma identidade genuína. Isso mesmo. A impressão é de que a Educação Física perdeu, ou não chegou a possuir, uma verdadeira identidade. E o agente de toda essa ação, o professor, envolvido num emaranhado de opções, corre de uma escola para uma academia, desta para um clube, então para outra escola. E daí? Por que faz tudo isso? Deveria haver um móvel – além da sobrevivência – que o levasse de um lugar para o outro. Quais são as suas expectativas? Qual deveria ser a sua função na sociedade? Sua atuação quase sempre reflete atitudes formalizadas, mecanizadas. O que não oferece dúvida, é que a Educação Física se ressente de um engajamento filosófico a orientá-la em direção às suas finalidades…”

Grifei a parte do texto em vermelho quando trata do que eu estou tentando defender nos tempos atuais. A EF perdeu sua identidade ou ela chegou a possuir uma identidade de fato? Identificar a disciplina não é diluí-la em novos conceitos educacionais que o novo modelo escolar propõe. Fica bonito uma nova nomenclatura multidisciplinar, porém, é benéfico para a classe de profissionais de Educação Física e para cenário não ter a essência das nossas práticas bem definidas? As diretrizes do MEC são bem definidas em relação às práticas esportivas, desportivas e lúdicas, mas descaracterizar a EF no currículo moderno escolar tira a identidade da mesma numa comunidade. Enfatizando isso não me dá o direito de dizer o que é certo ou errado, até porque eu não tenho um artigo e estudo de caso tratando sobre o assunto. O que eu tenho hoje é um artigo que fala sobre a Educação Física bilíngue, mas pra introduzir ao assunto, eu preciso explorar o campo do que realmente é a Educação Física no aspecto geral perante a sociedade.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s