Physical Education and Attention Deficit Disorder | Déficit de Atenção e a Educação Física.

tdah

EN-US:

***WARNING: This is not a scientifical text. It’s just a personal description of my infant life and my difficulties while trying to pay attention during regular classes like Math, Portuguese Language, and History. *(I’m trying to improve my writing in English language, so don’t worry about my English punctuation also. It’s an improving language skill doing this by myself – lol).

Last night I had a nightmare (a current nightmare) about my infant at school. When I was young, I had struggled with my performance trying to pay attention in classes. Most of the time I was thinking of different activities and being distracted not getting classes contents, and at the end of the semester, I didn’t finish my studies very well. I didn’t pass in my exams twice, on 6th grade and 8th grade also. It was I hard time for me because my brother and sister finished their studies properly and I had to overcome that situation. I think that was because of Attention Deficit Disorder condition. Every single day and every only time I was out of my classroom, almost literally. Sports is my life, and I released that I wanted to follow a professional path of games, becoming a Physical Education teacher or coach. Sounded interesting at first, and I got inside the college to take PE degree for four years. I understood many things taking the course, but about Attention Deficit Disorder I didn’t look for to know more about it. Sometimes it comes to my mind, and I keep asking myself – Do I have Attention Deficit Disorder condition or Did I have when I was young? For sure, I thought sports made me overcome many difficulties with concentration, but at the same time I was always thinking of sports and games, and I forgot to pay attention in many exciting things of my graduation as a young man. Today I have issues to solve math problems and Portuguese language punctuation.* Wrapping up the content, I brought the subject because it’s something that I want to know more about it. I want to know if sports practices helped me if I really had the condition or if I still have the situation. Some articles show people taking medicine to face the case, or just going to the psychologist to understand their condition and how to deal with this daily.

I’ll keep thinking about this, and the subject doesn’t finish here. It’s just the beginning of research about myself and my past. The struggles that I faced and keep facing. Maybe this can be a light at the end of the tunnel to develop exciting research and reach something that all PE teachers want to know about the benefits of sports practices to face Attention Deficit Disorder condition in the infant.


PT-BR:

*** AVISO: Este não é um texto científico. É apenas uma descrição pessoal da minha vida na infância e minhas lutas ao tentar prestar atenção nas aulas regulares como Matemática, Língua Portuguesa e História. * (Estou tentando melhorar minha escrita em inglês, então não se preocupe com a minha pontuação em inglês também. É uma espécie de aperfeiçoamento de habilidades de linguagem fazendo isso sozinho – rs).

Ontem à noite eu tive um pesadelo (um pesadelo frquente) sobre minha criança na escola. Quando eu era jovem eu tinha lutado com o meu desempenho tentando prestar atenção nas aulas. A maior parte do tempo eu estava pensando em atividades diferentes e me distraia não recebendo os conteúdos das aulas, e no final do semestre, eu não terminei meus estudos muito bem. Na verdade, eu não passei nos meus exames duas vezes, na 6ª e 8ª série também. Isso foi difícil para mim porque meu irmão e minha irmã terminaram seus estudos corretamente e eu tive que superar essa situação. Eu acho que foi por causa da condição de transtorno de déficit de atenção. Todos os dias e todas as vezes eu estava fora da minha sala de aula, quase literalmente. O esporte é a minha vida e eu queria seguir um caminho profissional nos esportes, tornando-me um professor de Educação Física ou treinador. Soou interessante no início, e eu entrei na faculdade para fazer o curso de EF por quatro anos. Eu entendi muitas coisas fazendo o curso, mas sobre Transtorno do Déficit de Atenção eu não procurei saber mais sobre. Às vezes vem à minha mente e eu continuo me perguntando – eu tenho condição de transtorno de déficit de atenção ou eu tinha quando eu era jovem? Com certeza, eu achava que esportes me faziam superar muitas dificuldades de concentração, mas ao mesmo tempo eu sempre pensava em esportes e jogos e esquecia de prestar atenção em muitas coisas interessantes da minha formação quando jovem. Hoje eu tenho dificuldades para resolver problemas de matemática e pontuação da língua portuguesa. * Resumindo o conteúdo, eu trouxe o assunto porque é algo que eu quero saber mais sobre isso. Eu quero saber se as práticas esportivas me ajudaram se eu realmente tive a condição ou se ainda tenho tal condição. Alguns artigos apontam pessoas tomando remédios para enfrentar a condição, ou apenas indo ao psicólogo para entender sua condição e como lidar com isso diariamente.

Eu vou continuar pensando sobre isso e o assunto não terminou aqui. É apenas o começo da pesquisa sobre mim e meu próprio passado. As lutas que enfrentei e continuo enfrentando. Talvez isso possa ser uma luz no fim do túnel para desenvolver pesquisas interessantes e alcançar algo que todos os professores de EF querem saber sobre os benefícios das práticas esportivas para enfrentar a condição de Transtorno do Déficit de Atenção na criança.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s