“Habits of Mind” nas aulas de Educação Física.

habitsofmind

Existem 16 “Habits of Mind” que trabalhamos aqui na Concept São Paulo. É uma abordagem nova para mim, não nego, mas que aos poucos tenho introduzidos nas aulas de Educação Física na construção e desenvolvimento de atividades diárias.

Semana passada passei uma atividade de “Dodgball” para as crianças do Grade 5 e pude analisar de perto o comportamento das crianças em relação à um dos 16 “Habits of Mind”: Taking Responsible Risks.

Em um determinado momento do jogo quando havia duas equipes disputando ponto a ponto as regras do “Dodgeball”, sobrou apenas uma das crianças em uma determinada equipe, e para “salvar” um novo integrante que estava fora momentaneamente por razões do jogo (jogo com regras da tradicional “queimada”), a criança teve que se submeter à encarar o risco de ser “queimada” para agarrar a bola e trazer uma nova criança de volta ao jogo.

Ao final da brincadeira, depois de várias crianças terem se arriscado para salvar outras e retornar ao jogo, fizemos a analogia com os “Habits Of Mind” que trabalhamos na Concept.

Consegui trazer para dentro da aula de PE um exemplo prático do que é a teoria aplicada dentro da sala de aula. As crianças ficaram engajadas no bate-papo posterior. Como professor, fico contente de explorar novos caminhos que a educação está proporcionando para todos nós educadores do século 21, com métodos antigos no “velho mundo”, mas ainda muito novos aqui no Brasil.


Se sugestões são bem-vindas para novas dinâmicas de PE, essa imagem acima tem todos os 16 “Habits of Mind” com uma breve explicação de cada um deles. Tem facilitado bastante na abordagem com as crianças sobre o significado das atividades, do ambiente, do processo de aprendizagem, e em todas as situações fora do planejado que geralmente acontecem dentro de uma aula de Educação Física.

Vale a pena dar uma olhada no site e, se não for do interesse de fazer um grande planejamento em cima do estudo, pelo menos tentar uma pequena dinâmica para ver como as crianças reagem às características.

Let’s Be… in PE.

7f209f811062820270acd77ab0931dbf

Uma prática comum agora nas minhas aulas de PE (Physical Education – Educação Física) são os recursos visuais. Há cerca de um ano comentei em uma escola onde trabalhei sobre a importância de ter boards nas paredes da escola, mas não obtive sucesso na época da aquisição desses boards.

Hoje trabalho em um colégio onde há uma filosofia de expor tudo o que os alunos pensam. Trabalhamos com Visible Thinking Routines, onde escrevemos em flip-charts, por exemplo, a rotina de pensamentos que as crianças fazem durante o dia ou durante uma aula. Há várias VT Routines (em breve post sobre VT Routines) que podemos aplicar nas aulas.

No Pinterest, como de costume, há várias inspirações para nós educadores, então encontrei esse board que é construído a partir do que as crianças pensam sobre a aula de EF e sobre o professor. É interessante também que as crianças precisam refletir sobre como elas devem se comportar na aula e no ambiente.

Podemos dizer que foram feitas Essential Questions sobre a aula, o profissional, o comportamento do aluno, o que os alunos esperam aprender na aula, a importância da EF e como as crianças se sentem na aula de EF. (Importante pegar essas frases para fazermos nosso próprio board de Visible Thinking:

  1. What kind of PE Teacher do you want (Mr. Felippe) to be?
  2. What kind of student should you be in PE?
  3. What do you hope to learn in PE?
  4. PE is important because ________________________________.
  5. How do you feel about PE? (Checkmark – Love PE / Like PE / OK, I have to do it)

Com essas Essential Questions a gente consegue externalizar o que as crianças pensam sobre as aulas de EF, o que esperam aprender da aula e ainda dão um feedback sobre o professor de EF.

Já vou providenciar a minha VT Routine com essas perguntas para criar novas discussões entre os alunos e nossas dinâmicas atuais.

A startup Bilingual PE em seu primeiro ano.

Neste sábado (20) me dediquei em uma breve apresentação falada do que é a Bilingual PE. Tenho feito muitas postagens escritas sobre o que fazemos e também sobre diversos conteúdos relacionados à Educação Física Bilíngue, mas ter um vídeo na internet me pareceu bastante sensato na era digital, onde vídeos curtos são bastante visualizados.

Deu certo, porque atingiu um público grande no Facebook e gerou até mais curtidas em nossa página. Isso é ótimo no ponto de vista de conseguir mostrar mais sobre a Educação Física moderna.

Arrastei alguns móveis lá do “escritório” de casa e coloquei a câmera sobre alguns livros para gravar. Não tenho muito domínio de vídeos na internet, principalmente quando o assunto é sério e queremos explicar da melhor forma possível em poucos minutos. A edição também foi simples, apenas juntando dois vídeos em um, mas acho que consegui transmitir o recado.

O importante é convidar à todos os profissionais de Educação Física que querem contribuir e compartilhar com conhecimentos e conteúdos da área escolar. Temos workshops mensais e queremos juntar o máximo de pessoas possíveis em nossos encontros.

Join us!

Obs.: Errata: No vídeo falo “pro workshops e cursos” quando na verdade seria “pros workshops e cursos”. Mudei de raciocínio no momento da construção da frase, por isso do erro. Decidi deixar para ficar um pouco mais humano rs.

Banco de Currículos #BilingualPE.

911aed8e89336cdd8cafb57ce03cd036

Olá à todos! Mais uma novidade para 2018!

Agora no site está disponível a aba Curriculum para profissionais de Educação Física deixar seu currículo em nosso banco de dados. Não é uma intranet, é apenas uma página de livre acesso onde as escolas poderão buscar profissionais para agendar entrevistas de emprego.

Sabemos o quanto é difícil encontrar professores de Educação Física com fluência em inglês, então coloquei essa aba para concentrar em um só lugar os currículos. Empresas especializadas na captação de profissionais ainda não recebem muitos contatos de escolas bilíngues e internacionais, então o profissional investir na mensalidade de plataformas de emprego está um pouco fora da realidade no quesito custo/benefício. Eu mesmo assinei uma plataforma por 1 ano e meio e não obtive nenhuma entrevista nesse período. As entrevistas ocorreram porque enviei diretamente no site da escola que pretendia.

Bem, agora é hora de fazer o banco de dados. A página já está disponível e o professor que já quiser mandar seu currículo deverá enviar para o email contato@bilingualpe.com. Lembrando que há algumas poucas regras para enviar o arquivo. Aceitamos apenas em .pdf.

Entra lá no site (http://bilingualpe.com) e saiba mais sobre como deixar seu currículo. Deixei o meu já para poderem visualizar como será o link e um exemplo de modelo.

Workshop na Beit Yaacov Escola.

 

Ontem dia 12 de novembro (domingo) fizemos o 3° workshop da Bilingual PE na Beit Yaacov Escola (SP). Foi um imenso prazer realizar nosso workshop com profissionais de diferentes áreas da Educação Física Bilíngue.

Tivemos duas novidades nos módulos teórico e prático. No teórico tivemos uma abordagem específica sobre músicas para Educação Física Bilíngue no ensino infantil, buscando na internet novos vídeos para compartilhar entre os professores que usam o YouTube como ferramenta de trabalho. A professora Maíra Jardim, da Aubrick, buscou novas referências para o dia-a-dia.

No módulo prático, a novidade foi o Frisbee. O professor da casa Victor Maielo trouxe o Frisbee para praticarmos e nos surpreendemos com a diversidade de modalidades que o Frisbee tem.

Foi um dia especial, com um suporte da coordenação e direção da Beit Yaacov invejável. Todos foram muito atenciosos e acreditaram em nosso workshop e na EF bilíngue.

Dá uma olhada no vídeo da nossa última  brincadeira do dia, o paraquedas.

Estagiário(a) e Assistente de Esportes: Trabalho em equipe nas aulas de Educação Física.

Post recomendado para assistentes e estagiários de Educação Física.

Uma das coisas que nós professores mais temos trabalho é orientar corretamente o(a) auxiliar ou estagiário(a) de sala de aula ou de Educação Física. Geralmente ambos chegam na escola com pouca experiência, ou nenhuma, assim como fomos no começo da nossa carreira, então orientá-los de forma clara e objetiva é o primeiro passo.

A principal preocupação

Sempre serão as crianças, nunca o adulto. Uma vez dentro da quadra de esportes o importante é o bem estar das crianças, estejam elas fazendo as brincadeiras conforme as instruções ou apenas presentes no local. É normal ver assistentes relaxando no momento do “PE”, o que é uma falha grave. As aulas de Educação Física exigem muita atenção pelo alto índice de lesões. A atenção deve ser redobrada.

Tudo que o professor não precisa nesta hora é ter que chamar a atenção de assistentes, além claro, das crianças.

Pró-atividade

Nunca confunda pró-atividade com insubordinação. Há 2 anos atrás em um colégio que trabalhei e um estagiário não conseguia apenas escutar as minhas instruções e auxiliar nas atividades. Ele repetia exatamente o que eu tinha acabado de dizer para que o último comando fosse dele. Cheguei a pensar que ele tinha alguma questão mal resolvida comigo, mas percebi posteriormente que era apenas falta de bom senso no quesito pró-atividade.

Fique atento à suas ações enquanto um(a) professor(a) lidera a aula e faça apenas o que o(a) professor(a) pedir no momento ou algo que você saiba que o(a) professor(a) aprove como atitude.

Compromisso com horários e datas, assim como atividades pré-definidas

Desde cedo é importante criar o hábito de cumprir com suas responsabilidades. Chegar no horário da aula é imprescindível para o melhor desenvolvimento das atividades. É importante frisar que uma aula não se inicia no horário pré-determinado, mas sim nos minutos que antecedem a aula para o planejamento e organização de materiais.

Comprometimento com os horários da escola é determinante para que o professor e o coordenador enxergue o assistente/estagiário(a) como parte fundamental da equipe de esportes. O compromisso com a equipe é o primeiro passo para firmar-se na instituição e ser promovido na primeira oportunidade.

De Spelles: A Educação Física simples e sofisticada.

NS9xAcsmxuQk-YZ-

De Spelles é um site holandês do professor Matthijs Jansen. De Spelles significa Eles soletram! (tradução Google Translate) e é um projeto sofisticado de Educação Física onde as atividades são realizadas com o mínimo de materiais e o máximo de exploração corporal. Digamos que é um estilo “Old School” que voltou à moda.

Pouco aplicado nas escolas brasileiras, mas muito fácil de seguir a linha. Tenho feito muitas aulas no estilo “freestyle” e logo quando descobri esse site e seus vídeos, fiz questão de implementar nas minhas aulas.

O estilo de aula da De Spelles é uma tendência. É a inovação da Educação Física Escolar!

Visite o site e veja os vídeos. Compartilhei alguns no Facebook da Bilingual PE também.

http://despelles.nl