“Lay Down” x “Lie Down”.

layversuslie

Uma dúvida na vida do professor de educação bilíngue é: Quando usar “Lay Down” ou “Lie Down”?

A explicação acima é simples e direta. Você usa “Lay Down” quando vai colocar algo no chão, e usa “Lie Down” quando o comando é deitar-se no chão. Estava pensando em fazer essa postagem porque há algum tempo tenho percebido a reação de algumas pessoas que acompanham a minha aula e fazem “cara de interrogação” quando dou o comando “Lie Down” na hora de pedir para as crianças deitarem no chão. Já escutei de muitas pessoas apontando essa expressão como um erro gramatical, mas na verdade não é – pelo contrário.

Aprendi com uma coordenadora em uma escola em que trabalhei e desde então me policio para falar corretamente. Lembro que quando escutei as expressões achei estranho, assim  como todos os outros professores. Costumava falar “Lay Down” para deitar-se. O que não é difícil de escutar entre nativos americanos, sendo que é um erro “aceitável” entre eles.

Bem, não vou discursar sobre gramática do inglês, até porque eu não sou referência, mas essas expressões creio que pude ajudar para melhorar nosso vocabulário e otimizar nossa comunicação em inglês.

Bounce. #WordOfTheWeek

bounce

A palavra da semana é Bounce, que significa “Quicar” ou “Saltar”. Há algumas formas de utilizar esse vocabulário, como “Bounce the ball on the floor” ou até mesmo “My kids love to bounce on the trampoline”. Nos dois exemplos acima a palavra é a mesma, porém, o significado muda quando nos atentamos ao movimento a ser executado. O primeiro é quicar a bola no chão, o segundo é saltar no trampolim. Depende do contexto que a palavra for utilizada.

Essa sugestão foi dada pelo professor Tattá, amigo e colaborador dos workshops da Bilingual PE. Tinha dito para o Tattá me dar algumas sugestões de palavras que utilizamos na EF bilíngue e, por incrível que pareça, tenho uma história com esse vocabulário.

Logo no início da carreira como professor de EF em escola bilíngue, na Global Me (SP), tive o contato assíduo com o inglês (idioma) e em uma das minhas apresentações de final de ano foi uma aula aberta de esportes com bola. A instrução era quicar a bola de basquete no chão. Lembro que não sabia como falar isso corretamente, então ficava “rodeando” no vocabulário para evitar falar uma palavra errada ou até mesmo uma inexistente. A dona da escola estava perto de mim e percebeu minhas escapadas no vocabulário, e de forma sutil chegou perto de mim e disse a frase que salvou minha apresentação: “A palavra que você quer dizer é “BOUNCE”.

Nunca mais esqueci!

Hopscotch. #WordOfTheWeek

HOPSCOTCH

A palavra da semana é Hopscotch, a famosa “amarelinha”. Quem nunca jogou “amarelinha” na rua??? Impossível para quem tem seus 30 e poucos anos de idade.

Lembro que no primeiro ano de escola bilíngue propus jogar “amarelinha” com uma turma de 4 anos de idade, mas não sabia como dizer “amarelinha” em inglês. Até cheguei a duvidar momentaneamente se existia essa brincadeira em outros países, mas lógico que percebi que não era uma brincadeira de origem brasileira.

O nome da brincadeira na verdade não tem nada a ver com a cor. A palavra veio do francês, “marelle”, que aos ouvidos portugueses soava como diminutivo de amarelo, amarelinha. A palavra original se referia a um pedaço de madeira, ficha de jogo ou pedrinha. Esses objetos eram usados no jogo para marcar o progresso do jogador.

Na escola recorri à coordenadora pedagógica Sylvia, que me disse o nome da brincadeira em inglês e desde então não esqueci. Achei a palavra legal de ser pronunciada e fácil até.

Tá aí, mais uma palavra bastante usada na Educação Física que a gente acrescenta ao nosso vocabulário. #WordOfTheWeek

Vocabulário esportivo – Inglês.

WordOfTheWeek

Estive pensando hoje de manhã o quanto aprendemos com novos vocabulário em inglês, principalmente de palavras específicas do esporte. Errei muitas expressões ministrando aulas em inglês, até que fui perguntando nas escolas que frequentei e para os colegas de trabalho as formas corretas de se expressar.

Todos os professores de inglês que tive me disseram que andar com um dicionário de bolso exatamente para tirar uma dúvida rápida, então peguei o hábito de pesquisar por palavras-chave.

Somersault, por exemplo, foi uma palavra que aprendi só quando entrei na escola bilíngue para dar aula. Lembro que foi uma aula em que estava ensinando as crianças a darem cambalhotas, mas “travei” na explicação porque me faltou vocabulário. São nessas horas que percebemos que quanto mais palavras sabemos, mas fácil se torna uma explicação para as crianças, principalmente porque temos que nos expressar de forma simples e clara.

Vi num dicionário online a ideia do Word Of The Day e achei que seria legal compartilhar algumas palavras pouco usuais do esporte. Para não ter que fazer uma arte todos os dias (porque todo professor tem deveres teóricos dentro de uma escola), decidi compartilhar com vocês uma palavra por semana e dar a definição em inglês para praticar o idioma.

Espero que gostem das próximas!