5° Workshop #BilingualPE na Global Me School (SP).

Visitamos a Global Me School no dia 24 de Fevereiro para fazer mais um workshop da Bilingual PE. Como de costume, fizemos os módulos teórico e prático e uma oficina entre os dois módulos. A oficina foi de música, com participação especial da Profª Roberta Bonelli, do Colégio Chapel (SP).

O evento está cada vez mais conhecido entre os profissionais de Educação Física do Estado de São Paulo, e aos poucos começam a surgir o interesse de profissionais de outros estados para participação e também levar a Bilingual PE para fora de SP.

Recebemos algumas propostas de outras cidades do Brasil, e isso nos deixa muito contentes pelo fato de ter novas oportunidades de difundir a Educação Física Escolar Bilíngue em território nacional.

É um projeto que não foi feito para trazer vivências em São Paulo apenas, mas sim compartilhar o máximo de experiências culturais e esportivas pelo nosso país. Estamos cada vez mais engajados em novos projetos dentro do projeto Bilingual PE.

Entendemos que a Bilingual PE deve ser visualizada como “Big Picture”, e aos poucos vamos fragmentando outros projetos dentro da já estabelecida Bilingual PE. Há interesse de diversos profissionais da área educacional em fazer parte de nossos eventos, como pedagogos, fonoaudiólogos, professores de música, psicomotricistas, psicopedagogos, entre outros.

Esse entusiasmo que vem de outros profissionais é contagiante, trazendo novos significados para o planejamento do processo de aprendizagem que propomos em nossos eventos. Entramos em 2018 muito mais engajados no aprimoramento do educação quando comparamos nossos objetivos iniciais em Fevereiro de 2017.

Como formadores estamos buscando os melhores conteúdos e dinâmicas para entreter os participantes e ao mesmo tempo relacionar nossos práticas com os processos de aprendizagem dentro e fora das escolas.

Bilingual Education: The Power of Twitter.

twitterquote

A maior parte dos educadores brasileiros não estão acostumados em utilizar a redes sociais para pesquisa de novas fontes. Há algum tempo utilizo as redes sociais para divulgação dos meus serviços, desde a época que estava na área fitness. O Twitter foi em um determinado período o grande parceiro das mensagens rápidas para atualização de status no dia-a-dia.

Agora na educação, o Twitter voltou com força no meu dia-a-dia. Além do perfil pessoal, tenho o perfil profissional que comecei a alimentar nesta semana. Essa retomada na utilização da rede social é influência da minha diretora, que trabalhou por 5 anos em ensino médio nos EUA. Ela incorporou a essência dos educadores americanos e fez de seu perfil um diário de suas experiências educacionais.

Aprofundando nas pesquisas de perfis de educadores no Twitter, encontrei um novo universo: O de professores de EF americanos que tem seu perfil com conteúdo rico em artigos científicos, atividades, dicas, experiências, etc. Tudo o que um professor brasileiro precisa para integrar à comunidade de professores bilíngues.

Essa “quote” acima é de uma educadora famosa nos EUA, mas pouco conhecida no Brasil. Retuitar ela fez com que ela entrasse no meu perfil e tenho dado uma “passada” nos meus tuítes. É uma forma simples de compartilhamento de ideias de forma rápida e na palma da mão, derrubando as barreiras da distância que existe entre nós professores de todo o mundo.

Já imerso nessa velha-nova experiência, o Twitter terá parte importante no conteúdo dos workshops da Bilingual PE, aproximando ainda mais os professores e dando oportunidades para expressar o que talvez nunca tenha sido dito antes.

É a tecnologia em prol da Educação Física.

Escola #Concept – São Paulo

Semana passada fui finalmente conhecer a tão comentada escola modelo Concept aqui em São Paulo. Ela fica localizada na Av. Nove de Julho e ocupou o prédio do que um dia foi o Colégio Sagrado Coração de Maria.

O prédio é tombado e não pode mexer na estrutura externa, sendo assim, se manterá com a tradicional fachada, mas por dentro… será uma revolução da educação no Brasil. O currículo foi montado depois de longo estudo por algumas escolas no mundo, e a Finlândia é o principal país que a Concept se inspirou para tal inovação.

Educação Física na Concept

O currículo de Educação Física é integrado com o currículo do pedagógico, assim como o currículo de Artes e Música. Um só planejamento para todas as atividades da escola. Para isso, a Concept criou um Corpo Docente, que norteará as atividades durante todo o ano.

É um estilo ousado, mas que já tem 50 anos no mundo. As pessoas estão dizendo que é uma educação experimental, até pode se considerar experimental quando se trata de Brasil, mas o mundo lá fora, em poucas escolas, claro, já conhecemos esse novo estilo que a educação de base está se encaminhando.

Vou comentar muito ainda sobre a Concept aqui e as atividades de Educação Física do dia-a-dia da escola.

A startup Bilingual PE em seu primeiro ano.

Neste sábado (20) me dediquei em uma breve apresentação falada do que é a Bilingual PE. Tenho feito muitas postagens escritas sobre o que fazemos e também sobre diversos conteúdos relacionados à Educação Física Bilíngue, mas ter um vídeo na internet me pareceu bastante sensato na era digital, onde vídeos curtos são bastante visualizados.

Deu certo, porque atingiu um público grande no Facebook e gerou até mais curtidas em nossa página. Isso é ótimo no ponto de vista de conseguir mostrar mais sobre a Educação Física moderna.

Arrastei alguns móveis lá do “escritório” de casa e coloquei a câmera sobre alguns livros para gravar. Não tenho muito domínio de vídeos na internet, principalmente quando o assunto é sério e queremos explicar da melhor forma possível em poucos minutos. A edição também foi simples, apenas juntando dois vídeos em um, mas acho que consegui transmitir o recado.

O importante é convidar à todos os profissionais de Educação Física que querem contribuir e compartilhar com conhecimentos e conteúdos da área escolar. Temos workshops mensais e queremos juntar o máximo de pessoas possíveis em nossos encontros.

Join us!

Obs.: Errata: No vídeo falo “pro workshops e cursos” quando na verdade seria “pros workshops e cursos”. Mudei de raciocínio no momento da construção da frase, por isso do erro. Decidi deixar para ficar um pouco mais humano rs.

5º Workshop Bilingual PE: #GlobalMe School.

BannerPromocaoGlobalMe

Olá pessoal! Ontem postei nas redes sociais o folder de divulgação do nosso 5º Workshop Bilingual PE. Ele acontecerá na Global Me School, em São Paulo (Próx. Metrô Consolação).

Como está escrito no título e também no primeiro parágrafo do post, é o nosso 5º workshop (e o 2º de 2018). Para os workshops de 2018 há várias novidades, entre elas as oficinas: Psicomotricidade, Saúde Vocal do Professor, Educação Física Adaptada e Música para Educação Física Bilíngue.

Tenho a oportunidade de voltar à Global Me, escola onde tive a oportunidade de ingressar no ensino bilíngue, e compartilhar ideias das quais aprendi na própria Global. É com enorme satisfação que me junto nesse dia à toda a equipe de esportes que fiz parte por 4 anos e meio. Será um dia especial para mim e, com certeza, para todos nós que participar do evento.

Será no dia 24 de Fevereiro e o valor da inscrição é de R$ 90,00. As inscrições podem ser feitas diretamente no site da Bilingual PE (http://bilingualpe.com). O pagamento da taxa de inscrição é realizado após o recebimento do email com os dados bancários para transferência/depósito.

Vejo vocês lá! Abraço.

Summer Course Bilingual PE: Veja como foi nosso primeiro curso de verão na Maple Bear Jardins.

Nos dias 13 e 14 de Janeiro (Sábado e Domingo) aconteceu o nosso primeiro Summer Course. Depois de 3 workshops em 2017, decidimos começar 2018 com um curso intensivo pré 1º semestre. A ideia veio para que pudéssemos dar suporte para novos ingressantes na educação bilíngue.

Não somente profissionais de Educação Física compareceram ao curso, mas também pedagogos se mostraram interessados e mais uma vez contribuíram com as dinâmicas do evento. É importante para nós juntar professores de sala de aula para discutirmos com mais eficácia as estratégias que podemos adotar no dia-a-dia dentro da escola e em nossas aulas.

Tivemos muitas novidades no Summer Course, como as oficinas de Saúde Vocal do Professor e Psicomotricidade:

Saúde Vocal do Professor (Teaching Voice): A Fonoaudióloga e Pedagoga Cecília Coelho (Global Me) nos trouxe à tona a importância do(a) professor(a) cuidar de sua voz, com exercícios de relaxamento para as pregas vocais, além de diversas dicas que podemos aplicar diariamente na escola.

Psicomotricidade: Realocamos o tema Psicomotricidade em uma oficina, podendo assim dar uma ênfase maior aos fatores psicomotores que trabalhamos com as crianças. Iniciamos a oficina com conteúdo teórico e logo em seguida trabalhamos as práticas na oficina. Ótima oportunidade para esclarecimento de dúvidas.

O Summer Course acontecerá todos os anos no mês de Janeiro, antecedendo o primeiro semestre. No meio do ano (Julho) acontecerá o Winter Course, com a mesma filosofia que foi empregada no curso do final de semana passado.

Programa de Educação Física Bilíngue #BilingualPE em fase de finalização.

images (1)

Está na fase de finalização o programa de Educação Física da Bilingual PE. Agora de manhã terminei a segunda parte das três existentes. Em 2018 trabalharei todo o conteúdo de Educação Física na Maple Bear onde ministro aulas em cima de planning próprio.

Coloquei no papel os planos que sempre tive em mente trabalhando com as crianças e em equipe (com assistentes). Sempre esteve muito claro na minha cabeça o processo de aprendizagem na Ed. Física Infantil até o Ensino Fundamental I e II, mas repassar esse conhecimento era um projeto ainda. O programa está praticamente pronto. Foram quase 10 meses de trabalho, pesquisando muito o mercado de trabalho, o método de ensino americano e como eu deveria encaixar a Ed. Física no contexto americano.

Houve interesse de algumas empresas no desenvolvimento do programa de Ed. Física Bilíngue, mas não demos continuidade no projeto para a empresa. Porém, eu não parei e percebi que fazer um programa próprio seria algo diferente na Ed. Física Escolas brasileira, principalmente no ensino bilíngue.

Busquei referência em artigos e livros, além de referências de empresas onde trabalhei e que consegui encaixar meu estilo de trabalho enquanto estive por lá. Fiz uma mesclagem de periodização (estilo fitness de planejamento) com os conteúdos escolares. Essa mesclagem originou em um documento prático e objetivo, com conteúdo de fácil compreensão e estrutura organizada de planejamento semestral. O programa deverá conter no máximo 10 páginas inteiras, fugindo das longas páginas dos livros do mercado.

Serão apenas duas folhas de planejamento: 1º semestre e 2º semestre. Com códigos de fácil visualização, o professor poderá carregar em um simples .pdf no celular ou tablet, além claro de poder fixar as folhas em qualquer local da escola onde trabalha.

Tenho muita vontade de mostrar em imagens aqui, mas o conteúdo é restrito e é parte de um projeto para captação de parcerias, então mostrarei muito pouco de forma livre. Discutirei mais do que mostrar, afinal, tenho agora os direitos reservados dos documentos que desenvolvi e vou trabalhar em cima disso agora.

Falta somente os relatórios de avaliação semestrais para fazer no photoshop, além das artes finais do documento.

Janeiro promete!

 

A diversidade da psicomotricidade na infância.

e3acd5bcbc5265b24b2080f5d59c78ad377362784.jpg

A psicomotricidade nos eleva à um novo patamar de visão sobre nossos alunos, até mesmo daqueles que trabalhávamos antes mesmo de cursar a especialização.

Hoje reconheço o quanto o investimento na carreira enriqueceu meu repertório no dia-a-dia do meu trabalho. Não apenas no planejamento semestral das aulas, mas na improvisação  de uma atividade em meio ao caos que as vezes nos deparamos com as crianças.

Ter as bases científicas claras em nossa mente é a chave para o melhor desenvolvimento de uma aula para crianças, adolescentes, jovens e adultos. Vendo uma foto como essa acima (achei no Pinterest) é inspirador, sendo que não há nada além de chão e tinta. Ao mesmo tempo que não há materiais, há uma diversidade de possibilidades para ensinar crianças um universo de brincadeiras, sejam elas lúdicas ou simplesmente de execução de movimentos para cruzar um caminho.

Hoje apliquei uma aula simples, com apito e tatame, alternando cores dos tatames nos comandos de apito. Sustentei uma aula de 45 com “gás” para aula de 1h30min. Tudo depende do professor querer mostrar algo diferente, e não se prender às limitações que nos brasileiros nos deparamos com as condições da Educação Física escolar.

Estou aqui escrevendo esse post mais para mostrar o meu entusiasmo como Psicomotricista em formação e o quanto importante é estudar e se especializar para darmos o melhor de nós como educadores.

Inspire-se e compartilhe suas experiências!

Banco de Currículos #BilingualPE.

911aed8e89336cdd8cafb57ce03cd036

Olá à todos! Mais uma novidade para 2018!

Agora no site está disponível a aba Curriculum para profissionais de Educação Física deixar seu currículo em nosso banco de dados. Não é uma intranet, é apenas uma página de livre acesso onde as escolas poderão buscar profissionais para agendar entrevistas de emprego.

Sabemos o quanto é difícil encontrar professores de Educação Física com fluência em inglês, então coloquei essa aba para concentrar em um só lugar os currículos. Empresas especializadas na captação de profissionais ainda não recebem muitos contatos de escolas bilíngues e internacionais, então o profissional investir na mensalidade de plataformas de emprego está um pouco fora da realidade no quesito custo/benefício. Eu mesmo assinei uma plataforma por 1 ano e meio e não obtive nenhuma entrevista nesse período. As entrevistas ocorreram porque enviei diretamente no site da escola que pretendia.

Bem, agora é hora de fazer o banco de dados. A página já está disponível e o professor que já quiser mandar seu currículo deverá enviar para o email contato@bilingualpe.com. Lembrando que há algumas poucas regras para enviar o arquivo. Aceitamos apenas em .pdf.

Entra lá no site (http://bilingualpe.com) e saiba mais sobre como deixar seu currículo. Deixei o meu já para poderem visualizar como será o link e um exemplo de modelo.

#Frisbee na Educação Física.

frisbee

Depois de nossas experiências com o Frisbee e suas modalidades esportivas (há várias), esse é o primeiro post sobre como aplicar esse jogo nas aulas de Educação Física.

O Profº Victor Maielo, da Beit Yaacov Escola, me envio alguns documentos do que é o Ultimate Frisbee, uma das modalidades esportivas. O Ultimate é a modalidade que o Victor mais gosta e que há maior adesão de profissionais praticando pelo mundo (poucos ainda no Brasil). Basicamente é um jogo em que equipes jogam para marcar pontos e tentar vencer o jogo, determinados por um espaço semelhante à um campo de futebol e com características parecidas de Rugby (uma forma leiga de descrever o jogo).

Tenho vários manuais que vou citar aqui no blog, mas precisava apenas fazer essa introdução ao esporte para depois discutirmos como podemos aplicar desde o ensino infantil até o ensino médio.

Para o ano que vem vou adicionar à lista de materiais frisbees de borracha. É possível comprar na Decathlon o equipamento por um preço acessível, de longa duração e que, principalmente, não machuca as crianças.

Ano passado, mesmo sem ter tido a vivência que tivemos com o frisbee no último workshop, tinha acesso ao material e usava (de forma pouco estruturada) o firsbee para atividades de aquecimento ou volta à calma em muitas aulas que ministrei. As crianças adoravam e tiveram o primeiro contato com o material, rico em fatores psicomotores (atividades) e sociais, afinal, jogar em parceria ou em grupo é a principal proposta das dinâmicas.

Caso queira saber um pouco mais sobre o assunto, acesse esse link para entender um pouco mais do esporte: https://en.wikipedia.org/wiki/Ultimate_(sport).